sexta-feira, 15 de outubro de 2010

A Própria natureza

Eu vejo por aí...
As pessoas incentivando os cuidados com o meio ambiente, a natureza.
muitos pedidos de "Não polua os rios, não jogue lixo nas ruas".
Ótimo... mas e quanto a sua própria natureza?  você tem preservado?
Desculpa a intromissão, a sinceridade... É que preocupa-se demais com todo resto, antes de mudar e preservar o que está ali, mais próximo.
Você usa salto alto porque suas amigas usam, não é da sua natureza, mas você usa, machuca seus pés a troco de não se sentir fora do grupo.
Vale a pena se sentir fora de si mesmo?
Você casou porque era o sonho da sua mãe.
Você assiste o jogo do Palmeiras com ele, mesmo odiando, pra não incomodá-lo.
Você escova o cabelo porque crespo e ondulado está fora de moda.
Você cursa administração porque o seu pai tanto quis.  Você deixou pra lá o sonho de se tornar comissária de bordo.
Você não suporta mais o rumo que o seu país está tomando e vota em branco, pra não fazer diferença, afinal "tanto faz, todos são corruptos".
Você não come carboidrato porque seu maridão é personal, e comer carboidrato é inadmissível.
Você o traiu porque sua prima disse que ele estava sendo ausente.


Não se torne executivo se não gosta de lidar com negócios.
Não troque o seu pôr do sol pra assistir O sexto sentido na rede globo, alegando falta de opção.
Não venda o que você não compraria só por dinheiro.
Não coma comida francesa porque é chique se você não gosta.


Respeite a sua natureza.
Não devaste, não polua a si mesmo.

4 comentários:

  1. Vou fazer um esforço. mas desde já adianto que vai ser difícil rsrs

    ótimo texto!
    bjs!

    ResponderExcluir
  2. Adorei seu texto , Nika !


    BjO.

    :)

    ResponderExcluir
  3. Adorei o seu blog!Vc é uma linda alma!
    Gde abraço!

    ResponderExcluir